CARE Brasil distribui kits em Xerém

Parceria com o Instituto HSBC Solidariedade atendeu a 200 famílias

Nos dias 16 e 18 de fevereiro, a CARE Brasil prestou ajuda a 200 famílias atingidas pelas chuvas ocorridas em Xerém, Duque de Caxias, que deixaram mais de 1.000 pessoas desalojadas, em janeiro. Após visita à região e conversas com os moradores, a ONG, junto com lideranças comunitárias, optou pela distribuição de kits de higiene e limpeza, devido aos constantes casos de doenças na região. Os moradores ainda sofrem com a dengue e com viroses, que causam diarreia e febre. Também foi registrada uma morte por leptospirose. 

Os Kits Higiene continham papel higiênico, absorvente feminino, escovas de dente, pasta de dente, sabonete e desodorante masculino e feminino. Os Kits Limpeza continham dois litros de água sanitária, dois litros de álcool, sabão em pó, esponja, palha de aço, pano de chão, detergente e desinfetante. Também foram entregues galões de água sanitária para as igrejas que serviram de abrigo aos desalojados.

A distribuição de kits contou com a presença de funcionários da CARE e ajuda voluntária dos membros da Cooperativa de Catadores de Xerém e de jovens APAs (Agentes Pedagógicos Ambientais, do projeto Comunidade Educadora). A ação foi financiada pelo Instituto HSBC Solidariedade.

A ONG CARE Brasil possui experiência em ajuda humanitária após ter atuado no apoio a vítimas de enchentes ocorridas nos últimos anos em São Gonçalo (RJ), na Região Serrana do Rio de Janeiro, no Estado de Minas Gerais e também no Acre.

Deixe um comentário

Arquivado em RJ - São Gonçalo

CARE Brasil encerra os 21 meses de atividades na Região Serrana

A ONG faz um balanço das atividades exercidas na região e compartilha resultados obtidos pelas comunidades atendidas

Após as chuvas que assolaram a Região Serrana em janeiro de 2011, deixando mais de 900 mortos e cerca de 7 mil desabrigados, a CARE Brasil iniciou um trabalho de ajuda humanitária intitulado “Somando Forças com a Região Serrana”, que durou 21 meses e foi dividido em três fases. A primeira delas envolveu a distribuição de kits de higiene e galões de água para as famílias que haviam perdido suas casas, já nos primeiros dias após o desastre.

Após suprir as necessidades básicas das famílias afetadas pelas enchentes, a CARE Brasil deu início à segunda fase do projeto, em julho de 2011, com foco na reestruturação de vida das famílias. Durante nove meses, a CARE Brasil estabeleceu parcerias com associações, organizações e comerciantes locais e cadastrou as famílias mais vulneráveis para a distribuição de kits variados, em forma de cupons, como Kit Reforma, Kit Lar e Kit Reposição Econômica. Os cupons puderam ser trocados por materiais nas lojas da região, para movimentar a economia local e possibilitando que as famílias escolhessem exatamente o que precisavam para reconstruírem suas vidas.

Ao todo foram distribuídos 888 cupons para a compra dos kits Reforma, Lar e Reposição Econômica, além dos cursos de gestão de microempresas. O Kit Reforma, no valor de R$ 450,00, foi destinado à compra de materiais de construção; o Kit Lar, para compras de móveis e utensílios domésticos, valia R$ 500,00; e o Kit Reposição Econômica, para a compra de ferramentas de trabalho, valia R$ 1.100,00.

A terceira etapa do projeto “Somando Forças com a Região Serrana” desenvolveu ações de prevenção e redução de riscos de desastres com diversas atividades, dentre as quais a capacitação de lideranças, o apoio para a criação dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDECs) e o engajamento com a Defesa Civil para medidas de redução de riscos de desastres. Em setembro de 2011, o município de Teresópolis passou a contar com dois NUDECs, formados nos bairros de Rosário e Perpétuo. Em Nova Friburgo foi formado um Núcleo no bairro de Duas Pedras.

A Região Serrana sofre ano a ano com os efeitos das chuvas, mas desde a formação dos NUDECs, esses impactos têm sido minimizados quando falamos de salvar vidas. Com o apoio da CARE Brasil, os núcleos desempenham seu papel de apoiar a população e a Defesa Civil, auxiliar no monitoramento da quantidade de chuvas nas comunidades, orientar a população atingida, organizar multirões e mobilizar outras comunidades. Valdecir Paim Alves, coordenador do NUDEC Rosário, nos conta que a população já fica em alerta quando começa a formar nuvens de chuva. “Antes de chover, a comunidade fica em alerta. Quando começa a chover, o centro de apoio é aberto e os moradores são evacuados para lá”, afirma Alves. Graças a essas ações, foram salvas 230 famílias no deslizamento de três barreiras, que ocorreu no último dia 03 de janeiro.

O trabalho de Redução de Riscos de Desastres da CARE Brasil na Região Serrana rendeu a elaboração de um manual de Formação dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil, dedicado à população em geral e instituições que tenham interesse em estruturar novos núcleos. O lançamento do manual ocorreu no evento de encerramento das atividades da CARE Brasil na Região Serrana, em outubro de 2012.

O trabalho da CARE Brasil na Região Serrana foi possível graças ao investimento de indivíduos e de empresas como Walmart, VALE, Bank of America Merril Lynch, Kraft Foods, Vostu, Motorola, Levi Strauss, JPMorgan, HSBC, Pfizer, Pricewaterhouse Coopers, Dow, B.Braun, Machado Associados e Saint Paul’s School, que, em alguns casos, também mobilizaram seus colaboradores e clientes. O Departamento de Ajuda Humanitária da Comissão Europeia (European Commission Humanitarian Aid Department – ECHO) também financia o trabalho da CARE. Divulgam o trabalho da CARE na Região Serrana: Accenture, Banco Santander, Cisco, Nike, Societé Generale, Votorantim Metais e Good Card Embratec.

 

O “Projeto Somando Forças com a Região Serrana” em números

3,5 mil famílias beneficiadas com doações

474 Kits Reposição Econômica (ferramentas de trabalho) doados

372 Kits Lar (móveis e utensílios domésticos) doados

42 Kits Reforma (materiais de construção) doados

R$ 726,3 mil injetados nas economias de Nova Friburgo e Teresópolis

300 participantes em oficinas de gestão de negócios

3 NUDECs criados

1 equipamento GEONETCAST doado

1 Manual de Formação de NUDECs lançado

Deixe um comentário

Arquivado em RJ - Região Serrana

Nova Friburgo adere à Campanha da ONU para construção de Cidades Resilientes

A assinatura aconteceu durante apresentação de planos de emergência elaborados pela CARE Brasil, ONG Diálogo e a comunidade

No dia 23 de maio, o Programa de Resposta à Emergências na Região Serrana celebrou uma grande vitória, que foi a adesão do município de Nova Friburgo à Campanha “Construindo Cidades Resilientes: Minha Cidade Está se Preparando”. Criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) a campanha que se tornou uma das principais bandeiras da CARE Brasil em seu trabalho na região serrana do Rio de Janeiro.

Com isso Nova Friburgo foi o primeiro município da região serrana a aderir ao programa, que conta com 10 fases para auxiliar na redução de riscos. O prefeito Sérgio Xavier de Souza assinou a adesão durante encontro realizado pela CARE Brasil, a ONG Diálogo e lideranças comunitárias para apresentar 16 planos territoriais de emergência, construídos junto com as comunidades de 44 bairros da Cidade. O conjunto é conhecido como PESC (Plano de Emergência da Sociedade Civil) e compreende as áreas de risco da cidade mais atingidas no desastre de 2011.

A execução do PESC só foi possível graças à participação colaborativa de organizações, grupos e movimentos sociais da cidade, profissionais voluntários, empresários, comerciantes e setores governamentais, que juntos viabilizaram materiais, serviços e acesso às informações, dados e aos demais órgãos e gestores.

Na mobilização, a CARE Brasil e a Diálogo contaram com a parceria dos grupos EccoSocial da Região Serrana, GAM (Grupo de Articulação dos Movimentos) e CRI (Crisis Response Unit), além da  Defesa Civil e a Prefeitura Municipal.

Deixe um comentário

Arquivado em RJ - São Gonçalo

Formação de Núcleo Comunitário de Defesa Civil em Nova Friburgo

Moradores do bairro Duas Pedras estão sendo treinados em Redução de Riscos de Desastres e outros temas

A CARE Brasil está formando um grupo comunitário de redução de riscos no bairro de Duas Pedras, em Nova Friburgo. A pedido da liderança do bairro, a CARE traz a metodologia usada na formação dos NUDECs de Teresópolis para fortalecer a capacidade daquela população para se preparar, prevenir e responder a desastres.

Um grupo de 25 moradores está passando pelo treinamento, em parceria com a Defesa Civil da Cidade, entre os dias 14 e 19 de maio.

O secretário de Defesa Civil, coronel Mori, esteve presente na abertura do treinamento, legitimando a parceria entre a CARE Brasil e o Município.  A formação contará com informações sobre Redução de Riscos de Desastres (RRD), suporte básico à vida, educação ambiental, percepção de riscos e participação e fortalecimento comunitário, entre outros. O grupo será, inclusive, estimulado a mapear os riscos da comunidade para trabalhar na prevenção.

O bairro de Duas Pedras foi escolhido por ser um dos mais vulneráveis e sujeitos a tragédias naturais de Nova Friburgo. A CARE Brasil acredita que somente com a adaptação, prevenção e a preparação das comunidades será possível evitar que mais vidas se percam com catástrofes naturais futuras.

A CARE Brasil já formou outros dois NUDECs em Teresópolis. Um deles inclusive foi homenageado recentemente pela Câmara Municipal daquela cidade, por sua atuação no temporal que atingiu a região em 6 de abril.

O trabalho de RRD que a CARE Brasil desenvolve na Região Serrana é financiado pelo WalMart e pelo fundo Fundo de Emergência da CARE Internacional.

Deixe um comentário

Arquivado em RJ - Região Serrana

Mais de 700 famílias beneficiadas no Acre

Após sofrerem com fortes tempestades e enchentes de rios, elas receberam kits com produtos de higiene, ferramentas, insumos agrícolas, materiais de construção e equipamentos para pesca

Atingidas por chuvas e enchentes de rios, mais de 700 famílias do Acre foram beneficiadas por doações da CARE Brasil, em parceria com o Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Alto Acre e Capixaba (Condiac). Foram distribuídos 655 kits com produtos de higiene, 32 com ferramentas e insumos agrícolas, 10 com materiais para reforma de residência e sete com equipamentos de pesca.

Os beneficiados são moradores de pequenos centros urbanos, agricultores ribeirinhos e comunidades indígenas das cidades de Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolandia e Xapuri. Ayri Saraiva Rando, consultor da CARE Brasil no Acre, explica que a tradição histórica de ocupação das margens dos rios amazônicos é um fator que eleva a vulnerabilidade das populações mencionadas em relação às consequências de desastres como as enchentes em questão. Soma-se ainda a este fator, o pequeno acesso a políticas públicas e aos seus direitos por tais populações, que, por sua vez, aumenta também a vulnerabilidade citada.

Com o auxilio do Condiac foi possível mobilizar toda a logística necessária de caminhões, carros e barcos para o transporte dos kits até as famílias. “Tem comunidade que leva até 8 horas de barco para podermos chegar” explica Silton Melo, secretário executivo do Condiac. A ação também contou com o apoio das equipes de assistência social das prefeituras locais, Corpo de Bombeiros e estudantes da Universidade Federal do Acre, que atuaram como voluntários auxiliando na organização e entrega dos kits.

A dificuldade de comunicação em algumas comunidades tornou a entrega uma surpresa para os beneficiados, alguns agricultores ribeirinhos mostraram-se emocionados com a chegada dos kits. “Perderam quase todas as suas ferramentas e muitos tentavam retomar suas hortas usando apenas as mãos”, relatou Silton.

O cadastro das famílias atingidas foi realizado junto com as secretarias de assistência social dos municípios. A ação da CARE no Acre conta com o investimento de 50 mil Euros doados pelo Fundo de Emergência da CARE Internacional.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Arquivado em Acre

NUDEC Rosário é homenageado pela Câmara Municipal de Teresópolis

Treinados pela CARE Brasil, os integrantes do NUDEC mostraram coragem e proatividade durante a tempestade que atingiu a cidade em 6 de abril

Os membros do Núcleo Comunitário de Defesa Civil (NUDEC) do bairro Rosário, em Teresópolis, receberam uma homenagem da Câmara Municipal por sua atuação durante a tempestade que atingiu a região no dia 6 de abril.

O NUDEC é formado por moradores da comunidade, que foram treinados pela CARE Brasil em parceria com a Defesa Civil, em setembro e outubro de 2011. Durante o temporal de 6 de abril, seus integrantes ajudaram na evacuação dos moradores, no resgate de crianças soterradas, no acionamento das sirenes de alarme e contato com ambulâncias, entre outras ações.

A homenagem foi feita pelo vereador Vaguinho, que agradeceu toda a equipe do NUDEC pela solidariedade com a população de Teresópolis.

1 comentário

Arquivado em RJ - Região Serrana

Encontro com jornalistas em Nova Friburgo

A CARE Brasil e o CEPED discutiram com profissionais da mídia e assessores de imprensa a importância da cobertura jornalística em desastres naturais

No último dia 24 de abril, aconteceu em Nova Friburgo um encontro entre jornalistas e especialistas da CARE Brasil e do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas Sobre Desastres (CEPED) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Denominado como “Oficina Sobre a importância da Cobertura Jornalística em Desastres Naturais”, o evento contou com a presença de 21 profissionais de veículos locais e assessores de imprensa de diversos órgãos públicos.

O objetivo foi discutir a importância da cobertura jornalística em desastres naturais, além de trabalhar a troca de conhecimento, informações e experiências entre os participantes. Todos receberam uma cópia do livro “O Desastre Sob o Enfoque de Novas Lentes – Para Cada Efeito, uma Causa” (guia para cobertura jornalística de desastres naturais), produzido pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Para realização deste debate, a CARE Brasil contou com o apoio da Comissão Europeia, Fundação Abrinq/Save the Children, e a participação do CEPED.

Deixe um comentário

Arquivado em RJ - Região Serrana