Milhares de chilenos ainda sofrem impacto dos terremotos

Cerca de dois milhões de chilenos ainda sofrem grande impacto do terremoto, dos tsunamis e de mais de 150 tremores (réplicas) registrados no Chile desde 27 de fevereiro. Estima-se que 200 mil casas tenham sido destruídas e o acesso da população à comida, água potável e eletricidade ainda é necessidade prioritária, principalmente na costa do país.

Em parceria com organizações locais, a CARE está atuando em uma das regiões mais afetadas do Chile, ao norte da cidade de Concepción – a  50 km do epicentro do primeiro terremoto, de magnitude 8,8.

A CARE está priorizando a assistência em áreas rurais e está provendo ajuda humanitária na vila de Sauzal, onde a maioria das casas eram feitam de adobe (blocos de argamassa de barro, areia e palha) e, se não foram arrasadas, ficaram inabitáveis. A CARE fez a identificação das pessoas em maior necessidade e está beneficiando diretamente 210 famílias dessa localidade.

Todas já receberam pacotes de ajuda humanitária emergencial contendo alimentos (macarrão, arroz, feijão, farinha, óleo, sal, açúcar e sachês de chá) e itens básicos de higiene pessoal, limpeza e outros itens de primeira necessidade. Além disso, tendas e coberturas plásticas de 4m2 foram entregues a 46 famílias.

Quatro residências para idosos foram identificadas nas áreas afetadas. A CARE está dando início à distribuição de fraldas geriátricas para 189 habitantes que deve ser concluída ainda esta semana.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Chile

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s