NUDECs ajudam a minimizar efeitos da chuva em Teresópolis

Membros dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil, treinados pela CARE Brasil,  socorreram e orientaram a comunidade

No ultimo final de semana, as chuvas atingiram novamente a região serrana do Rio de Janeiro, deixando cinco mortos e 24 feridos em Teresópolis. Os Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDEC´s), formados com a ajuda da CARE Brasil nos bairros Perpétuo e Rosário, colaboraram diretamente para minimizar os efeitos da tragédia.

Os NUDECs ajudaram crianças que estavam soterradas, acionaram a sirene de alarme, orientaram a evacuação de moradores e acionaram ambulâncias. “Comecei a orientar os moradores para se deslocarem para o ponto de apoio do Brizolão. Foi então que a família de Guilherme, 7 anos, sua mãe, pai e mais duas irmãs foram atingidas por um desmoronamento de uma encosta no caminho ao ponto de apoio. Apenas Guilherme e sua mãe ficaram embaixo da lama. Imediatamente, quando avaliei que o risco estava zero, que iniciamos o resgate de mãe e filho”, relata Luiz Carlos Aragão, morador e membro no NUDEC Rosário.

Para viabilizar o trabalho dos NUDECs, a CARE Brasil doou cinco carrinhos de mão, 10 enxadas, sete pás, duas foices, dois facões, oito vassouras, oito garfos de jardim, 25 luvas de raspa, 25 botas de borracha, 163 sacos de lixo, 20 metros de corda e 25 capas de chuva.

Luciana do Ato, moradora do Perpétuo, diz que fazer parte do NUDEC foi muito importante para que conseguisse ajudar sua comunidade. “Nem eu sabia que tinha tanta coragem e capacidade”.

Em depoimento, Rosa, moradora e membro do NUDEC Rosário, fala sobre a sua experiência. “Não sei da onde tirei tanta força para segurar as pessoas que estavam sendo levadas pela correnteza da água. Lembrei que quando participei do curso CERT (Equipes Comunitárias de Resposta à Emergência), precisamos avaliar a cena e tomar decisões rápidas. E foi isso que fiz. Não gosto de ficar falando muito, porque não quero aparecer, ser heroína de nada. Mas fico muito feliz de ter podido ajudar minha gente, minha comunidade. Hoje sei que o NUDEC funcionou e tudo está valendo à pena. Precisamos nos capacitar mais e mais.”

Veja fotos e leia os depoimentos na íntegra desses homens e mulheres que escolheram servir suas comunidades:

ROSA

"Não sei de onde tirei tanta força"

Às 23 horas da madrugada de sexta-feira, 6 de abril, Rosa, membro do NUDEC Rosário, percebeu que em sua viela havia estourado uma manilha por conta da força e volume da água. Imediatamente ela pegou sua lanterna e apito e correu para o ponto de apoio para abri-lo. Em seguida começou a orientar os moradores para a saída de suas casas com segurança. Mas a chuva foi mais rápida e acabou arrastando moradores pelas vielas da comunidade. “Não sei de onde tirei tanta força, para segurar as pessoas que estavam sendo levadas pela correnteza da água. Lembrei que, quando participei do curso do CERT, precisamos avaliar a cena e tomar decisões rápidas. E foi isso que fiz. Não gosto de ficar falando muito, porque não quero aparecer, ser heroína de nada. Mas fico muito feliz de ter podido ajudar minha gente. Minha comunidade. Hoje sei que o NUDEC funcionou e tudo está valendo à pena. Precisamos nos capacitar mais e mais”.

LUIZ CARLOS ARAGÃO

"O NUDEC salvou vidas aqui na comunidade”

Morador do Rosário, membro do NUDEC, Luiz tem 42 anos, é casado e tem duas duas filhas. Na madrugada de sexta-feira para sábado, ele viveu um momento dramático mas importante para salvar vidas.

“Começou a chuva e nós do NUDEC ficamos então em alerta máximo. Quando foi preciso acionar a sirene, comecei a orientar os moradores para se deslocarem para o ponto de apoio do Brizolão, pois lá estariam em mais segurança. Foi então que a família de Guilherme, 7 anos, sua mãe, pai e mais duas irmãs foram atingidas por um desmoronamento de uma encosta no caminho ao ponto de apoio. Apenas Guilherme e sua mãe ficaram embaixo da lama. Suas irmãs e pai foram arremessados para o outro lado de um muro. Imediatamente, quando avaliei que o risco estava zero, iniciamos o resgate de mãe e filho. Tudo aquilo que aprendi na formação do NUDEC e do CERT coloquei em prática ali naquele resgate. Deu tudo certo, pois todos saíram com vida. O NUDEC salvou vidas aqui na comunidade.”

LUCIANA DO ATO

“Nem eu sabia que tinha tanta coragem e capacidade para fazer o que fiz pela minha comunidade"

Moradora do Perpétuo e membro do NUDEC, Luciana diz que fazer parte do NUDEC foi muito importante para que conseguisse ajudar sua comunidade nessa última sexta-feira dia 06/04. “Nem eu sabia que tinha tanta coragem e capacidade para fazer o que fiz pela minha comunidade”.

JOÃO

"Nós do NUDEC ficamos a frente de tudo e fomos guerreiros para organizar tudo por aqui"

Membro do NUDEC Rosário, João foi um agente de mobilização e organização do ponto de apoio do Brizolão. “Cheguei aqui e comecei a organizar as famílias em salas de aula e em seguida comecei a ver com a equipe as necessidades iniciais como água, alimentos, e outras coisas. Não tinha nada ainda e começamos a ligar para o poder público para nos apoiar. Enquanto isso não acontecia, nós do NUDEC ficamos a frente de tudo e fomos guerreiros para organizar tudo por aqui. Estamos sem dormir direito, mas felizes por conseguir ajudar nosso povo”.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em RJ - Região Serrana

Distribuição de kits de higiene e limpeza no Acre



52 famílias vitimas de enchentes já foram beneficiadas no Acre pela parceria entre CARE e Condiac

As chuvas do mês de fevereiro afetaram severamente a população do estado do Acre. As famílias da região do Alto Rio Acre foram severamente atingidas pelas precipitações na região, tendo comprometidas as suas atividades de cultivo, ferramentas de trabalho e moradida.

Na sexta-feira (06/04), a CARE Brasil realizou a entrega de 52 kits higienicos e limpeza para famílias vitimas das cheias no município de Epitaciolandia. Durante o mês de abril, a ação continua em comunidades mais afastadas de ribeirinhos e  indígenas. Alguns dos locais a serem atendidas exigem uma logísitica de mais de 4 horas de barco.

A ação da humanitária da CARE visa assegurar tanto a segurança alimentar das famílias que perderam a sua base alimentar com o desastre, como também a saúde e saneamento, pois este é um momento propício para para a instalação de doenças oportunas, tais como diarreia, dengue, malária e doenças respiratórias.

A distribuição de kits está sendo coordenada pela CARE em conjunto com o Condiac (Consórcio de Municípios do Alto Acre e Capixaba) e a seleção das famílias foi feita juntamente com prefeituras, secretarias do Estado e o Corpo de Bombeiros, por meio de mapeamento da região.

Deixe um comentário

Arquivado em Acre

CARE BRASIL beneficia 3,5 mil pessoas na região serrana do Rio de Janeiro

Projeto Somando Forças com a Região Serrana tem distribuição de mais 800 kits e 300 participantes de oficinas de gestão de negócios

Desde setembro de 2011, a segunda fase do projeto “Somando Forças com a Região Serrana” beneficiou mais de 800 famílias (3,5 mil pessoas aproximadamente) em Nova Friburgo e Teresópolis. Foram distribuídos 888 kits voltados para reestruturação das famílias afetadas pelos desastres naturais.

Durante os seis meses da segunda fase do programa, foram distribuídos 474 kits “Reposição Econômica” com ferramentas de trabalho, 372 kits “Lar” com móveis e utensílios domésticos e 42 kits “Reforma” com materiais para reconstrução de casas perdidas e danificadas.

Os beneficiados receberam cupons, que foram trocados em lojas e depósitos parceiros da CARE Brasil. Além das entregas de kits, 300 beneficiados com os kits “Reposição Econômica” de oficinas de gestão de negócio.


Deixe um comentário

Arquivado em RJ - Região Serrana

Distribuição de kits construção em Nova Contagem

A CARE Brasil beneficiou 108 famílias que tiveram suas residências danificadas

Após a distribuição de kits com produtos de limpeza em Belo Vale (MG), chegou a vez de famílias de Nova Contagem serem beneficiadas com o programa Emergências Minas Gerais. Foram escolhidas 108 famílias que agora têm a oportunidade de reconstruir suas moradias, danificadas pelas chuvas do início do ano.

A distribuição foi realizada nos dias 19, 20 e 21 de março, e os beneficiados  receberam os vale-compras no valor de R$ 500,00 para serem trocados por materiais de construção (telhas, grampos para telhas, caibros, areia, brita, tinta látex ou esmalte sintético, material hidráulico, material elétrico, cimento, argamassa, cerâmicas ou material de instalação) em duas lojas.

Todas as famílias beneficiadas foram escolhidas durante reuniões realizadas pela CARE Brasil no mês de março, com o auxilio da comunidade de Nova Contagem e também da Prefeitura.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

1 comentário

Arquivado em RJ - São Gonçalo

Reuniões de preparação com parceiros e comunidade em MG

Encontros definiram os beneficiários e ações a serem realizadas

Após o mapeamento das áreas mais afetadas pelas enchentes de janeiro em Minas Gerais, a equipe da CARE Brasil iniciou as reuniões de preparação com parceiros e comunidade. Em fevereiro foram realizadas três reuniões para definições finais do programa e das ações a serem realizadas.

Nestas reuniões foram escolhidas as regiões a serem trabalhadas, o conteúdo dos kits de reforma e moradia, as estratégias de comunicação e divulgação do programa. Nesta fase inicial, a CARE Brasil contou com a presença e a colaboração da Defesa Civil e Secretaria de Desenvolvimento Social de Contagem.

Em março, duas novas reuniões foram realizadas. Nesta etapa com a presença da comunidade, representantes da CARE Brasil, e também parceiros como a Casa de Apoio Vida Nova Contagem e Igreja Metodista Wesleyana em Fonte Grande.

Foi apresentado o programa para a comunidade, selecionadas as famílias beneficiadas e definidas regras para a distribuição dos Kits. Foi também apresentado para a comunidade o trabalho que a CARE Brasil já realiza em diversas regiões do país.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Arquivado em MG - Belo Horizonte

CARE Brasil distribui kits de higiene e limpeza a 65 famílias de Belo Vale (MG)

Ação foi possível graças a parceria com associação local e a doação de produtos pelo Walmart

Nesta quinta-feira (16/02), a CARE Brasil distribuiu 65 kits de Higiene e Limpeza para famílias de Belo Vale, em Minas Gerais. De acordo com dados da Defesa Civil de Minas Gerais, até o momento, 228 municípios declararam Situação de Emergência e 103.525 pessoas estão desalojadas.

Com auxílio da Associação dos Moradores Vítimas das Enchentes de Belo Vale (Amove), a CARE Brasil identificou as famílias mais vulneráveis do município, que foi severamente afetado com o transbordamento do Rio Paraopeba. Segundo o presidente da Amove, Newton Emediato Filho, após as águas baixarem muitas moradias, quase sem recursos, necessitam passar por limpeza e desinfecção.

A ação foi possível graças a parceria com a Amove, que cadastrou as famílias beneficiadas, e do Walmart, que doou os produtos que compõem os kits.

Cada kit contém 3kg de detergente em pó; 2 desinfetantes 500 ml; 3 sabões de barra de 400g; 1 sabão de barra com 5 unidades; 20 pacotes de esponja de aço bombril com 4 unidades cada e 6 conjuntos de barbeadores com 3 unidades cada. A Amove também recebeu a doação de 5 fardos de bombril com 140 unidades cada.

A montagem dos Kits foi feita em parceria com a Igreja Metodista Wesleyana e contou com cinco jovens voluntários.

Este slideshow necessita de JavaScript.

1 comentário

Arquivado em MG - Belo Horizonte

CARE Brasil começa mapear áreas mais afetadas da Região Metropolitana de BH

Na cidade de Esmeraldas, 115 pessoas estão desalojadas e desabrigadas

De acordo com o último relatório disponibilizado pela Defesa Civil de Minas Gerais, 174 municípios declararam Situação de Emergência. O número desalojados subiu para 53.437 e de desabrigados (pessoas que precisaram recorrer a abrigos imporvisados em escolas, igrejas ou outros locais) para 4.683. Até o momento são 15 mortos e 3 desaparecidos.

A CARE Brasil vai prestar ajuda humanitária à população atingida pelas chuvas na região metropolitana de Belo Horizonte. Durante esta e a próxima semana a coordenadora de emergência da CARE para a Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) visitará  4 cidades para levantar informações sobre as vítimas e riscos de desastres nestes locais.

Começamos o mapeamento na sexta-feira (13) pela cidade de Esmeraldas, na quinta-feira estaremos em Contagem, sexta-feira em Betim e semana que vem em Vespaziano. A importancia de se estar em campo é poder conversar pessoalmente com o poder público e organizações locais, tais como a Defesa Civil, Secretaria de Desenvolvimento Social, associações locais, igrejas e líderes comunitários.

Em Esmeraldas, as precipitações ocorrem desde o dia 14 de dezembro de 2011, em volumes altos e superiores à média histórica, ocasionando deslizamento de terras, danos em pontes, danificação de ruas e interdição de estradas que ligam o município às comunidades rurais.

A maior parte dos desabrigados são moradores do Morro e região central da cidade. Segundo a Secretária do Trabalho e do Desenvolvimento Social foram cadastradas 34 famílias afetadas na região central do município até o momento, o que corresponde a 115 pessoas desalojadas e desabrigadas.

Após vistoriar e mapear as casas em situações de risco no Morro, a Secretaria Municipal de Obras, Transporte e Trânsito interditou domicílios e derrubou, após analise da Defesa Civil, algumas casas. As famílias desabrigadas foram encaminhadas, pela Ação Social, à sede da Associação Maria de Ribeiro, também no Morro, ou para casa de parentes. Para quem se encontra desabrigado, a Prefeitura está implantando, nos próximos dias, o auxílio moradia.

Deixe um comentário

Arquivado em MG - Belo Horizonte